Volta à Europa em 80 dias

Hoje é um dia especial aqui no blog: a partir de agora temos um domínio próprio e passamos a ser viajenoblog.com.br. Para comemorar resolvemos fazer um post especial: Volta à Europa em 80 dias, contando com detalhes a nossa viagem pelo Velho Mundo que nos inspirou a criar (na verdade retomar) esse espaço.

Roteiro do nosso mochilão

Durante nossa viagem pela Europa em 80 dias passamos por nove países e 16 cidades. Do Brasil seguimos direto até o Reino Unido onde desembarcamos em Londres. Já a volta foi via Milão, na Itália, país em que passamos a maior quantidade de dias na viagem. Confira o Roteiro:

Londres > Brighton > Paris > Amsterdã > Lisboa > Madri > Barcelona > Nápoles > Roma > Florença > Veneza > Munique > Budapeste > Viena > Milão.

Infelizmente cidades importantes da Europa como Berlim e Praga tiveram que ficar de fora, mas já estão na lista para uma próxima viagem.

Deslocamentos

Um fator importante na hora de definir o roteiro foi pesquisar como faríamos os deslocamentos. Dentro da Europa usamos avião apenas duas vezes: entre Amsterdã e Lisboa e entre Barcelona e Nápoles. Para isso, pesquisamos com bastante antecedência e conseguimos encontrar uma ótima tarifa (cerca de R$ 300) no primeiro trecho e passagem usando milhas aéreas na segunda.

pisa italia viajenoblog

 

Todos os outros deslocamentos foram feitos de trem ou ônibus, esse último uma ótima opção para quem quer economizar no quesito transporte.

Como nossa ideia inicial era passar mais que 80 dias viajando, a parte final do roteiro teve que ser adaptada, já que já havíamos comprado com antecedência as hospedagens para Natal e Ano Novo (em Budapeste e Viena), e cortamos algumas cidades. Isso fez com que os deslocamentos finais fossem um pouco mais longos e, consequentemente, mais desconfortáveis, mas nada que atrapalhasse a reta final.

»» Saiba como é explorar a Itália de trem

»» Trem-hotel: uma viagem entre Lisboa e Madri

»» Como é viajar de ônibus entre Paris e Amsterdã

Hospedagem

Uma viagem pela Europa em 80 dias exige otimização máxima dos recursos. Por isso, optamos por hospedagens econômicas. Foram 35 noites em hostel, 27 em apartamentos alugados pelo Airbnb, 13 em hoteis e outras três em ônibus e duas em aviões nos trechos de ida e volta. Vários dos lugares em que nos hospedamos já tem review aqui no blog. Veja os links, acesse e aguarde os próximos posts com mais informações sobre o assunto.

»» EasyHotel – Hotel super barato em Londres

»» Airbnb: nosso apartamento em Paris

»» Como é o U Hostels Madri

Alimentação

Os supermercados foram nossos grandes aliados durante toda a viagem. Além de ajudar na economia, visitar supermercados em outro país pode ser um exercício bastante interessante, já que você consegue entender um pouco mais os hábitos e costumes daquele lugar.

brighton pier

Além disso, aproveitamos que viajamos no inverno para visitar várias feiras de natal da Europa e experimentar as deliciosas comidas de rua de cada lugar. Um outro jeito maravilhoso de poupar alguns euros, se alimentar muito bem e conhecer mais da cultura local. Os fast foods, também foram muito requisitados principalmente quando chegávamos tarde no destino e além de comida precisávamos de uma boa internet.

»» Guia de supermercados na Europa

»» Os mercados de Natal da Europa

»» As comidas de rua que você precisa experimentar na Europa

Passeios

Os passeios são os grandes protagonistas de qualquer viagem né? Por esse motivo buscávamos sempre fazer uma boa pesquisa prévia sobre o destino, ler muitos blogs e guias para escolher sempre lugares interessantes para visitar. No nosso ranking de cidades com os passeios imperdíveis destacamos: Budapeste, Londres e Madri.

»» Onde ver Van Gogh de graça

»» Greenwich: conhecendo a Londres marítima

»» Heineken Experience: um passeio pelo mundo da cerveja

Compras

Com um orçamento limitado nossa ideia nunca foi fazer compras durante a viagem. Porém, foi impossível voltar de mãos abanando. Para falar a verdade compramos muito mais do que pensamos que iríamos comprar. Com o euro custando cerca de R$ 4 pensávamos que nada valeria a pena, mas ainda assim, aproveitamos algumas oportunidades, principalmente em relação a roupas.

»» Citypharma: o paraíso dos cosméticos em Paris

Budget e Planejamento

Muita gente pergunta: mas quanto custa uma viagem como essa? A resposta é que não há resposta certa. Tudo depende MUITO do seu estilo de vida e, consequentemente, de viagem. Nós começamos a programar nossa viagem com quase um ano de antecedência, aproveitamos ao máximo os descontos que encontramos e conseguimos manter uma média diária de 100 euros para o casal por dia, já com hospedagem, alimentação, transporte e passeios.

canais amsterda viajenoblog

Fizemos tudo o que cada lugar nos oferecia? Não. Fizemos tudo o que queríamos? Sim. Foi preciso fazer algumas escolhas, buscar algumas alternativas mas tudo deu certo.

»» Planejamento – Saiba como calcular os gastos de uma viagem

»» Dicas para fazer a viagem caber no seu bolso

»» Sete maneiras de economizar em Londres

Valeu a pena?

Sim! Sem dúvidas. Não há nada melhor do que a sensação de conquistar algo, de fazer algo por você e essa viagem foi a realização de um sonho para nós. Nos trouxe muitos aprendizados e, principalmente, algo só nosso, que vamos nos lembrar para o resto da vida.

»» Quatro coisas que eu aprendi viajando

»» Cinco vantagens de mochilar em casal

Deixe uma resposta